Retomar o controle em um carro autônomo pode ser perigoso; entenda por quê

Retomar a direção em um carro autônomo pode não ser tão simples quanto se acredita. Um novo estudo realizado por alunos da Universidade de Stanford mostra que a transferência de controle da direção pode causar acidentes.

Para realizar o teste, que analisou os efeitos dessa troca, os pesquisadores contaram com 22 motoristas que dirigiram carros semi-autônomos em uma pista de corrida. No início, eles deram voltas completas no controle do veículo e, depois, havia uma troca de controle durante parte do caminho. Todos os participantes eram avisados antes de o carro entregar a direção a eles.

 Os resultados mostram que motoristas que experimentam mudanças nas condições desde quando estavam no controle pela última vez sofrem para retomar a direção, mesmo quando o sistema os avisa.

O tempo que os condutores demoraram a retomar a direção não foi o suficiente para causar grandes problemas e fazer com que eles perdessem as voltas, mas atrapalhou o trajeto. Segundo os responsáveis pelo estudo, essa janela entre o sistema e o condutor pode ser perigosa e causar acidentes.

Mesmo sabendo da mudança e sendo capazes de traçar um plano rápido, os motoristas ainda mostrara uma direção diferente e um desempenho comprometido”, explica Lene Harbott, uma das responsáveis pela pesquisa.

Segundo0 os responsáveis pelo projeto, ele pode ajudar desenvolvedores de sistemas autônomos a aumentar a segurança.

Fonte: olhardigital