Câmara dos Deputados premia gestores e representantes da sociedade civil que se destacaram na fiscalização e controle de gastos públicos

O Prêmio Transparência e Fiscalização Pública foi entregue nesta quarta-feira (14/12) pela Comissão de Fiscalização Financeira e Controle e pela Mesa Diretora da Câmara dos Deputados a agentes da administração pública e representantes da sociedade civil que obtiveram a melhor experiência de fiscalização da administração pública.

Indicado pelo deputado federal Marcos Rogério (DEM-RO) na categoria sociedade civil, o Conselheiro do Tribunal de Contas de Rondônia, Benedito Antônio Alves foi premiado por sua firme atuação em benefício da coletividade, e sobretudo, em reconhecimento por auditoria inédita de avaliação ambiental das unidades de conservação da Amazônia.

Presente na entrega da homenagem, Marcos Rogério destacou que o prêmio é um reconhecimento importante àqueles que se destacam nas ações de transparência e acesso a informação.

“Transparência gera conhecimento e informação. E conhecimento e informação é poder. Portanto, dividir o conhecimento significa compartilhar o poder. Não existe democracia plena, estado eficiente, se a informação está concentrada nas mãos de poucos. A transparência é um instrumento de fiscalização e eu fiquei muito honrado de indicar o professor para receber este importante prêmio”, salientou o parlamentar.

Benedito Antônio Alves é uma referência como Conselheiro do Tribunal de Contas de Rondônia, professor de uma das mais respeitadas Academias do Estado e autor de obras voltadas a gestão pública e eficiência.

Neste ano, o prêmio foi entregue a nove representantes da sociedade civil e 13 agentes governamentais.