Usina de Jirau entra em funcionamento total

Nesta sexta-feira (16) a Usina Hidrelétrica de Jirau, foi inaugurada oficialmente com a presença do ministro das Minas e Energia Pedro Bezerra, do senador Valdir Raupp (PMDB-RO) e demais autoridades da região Norte. Jirau está instalada em Porto Velho, em Porto Velho.

Operando com suas 50 turbinas, a usina passa a gerar 3.750 MW, potencial energético suficiente para levar energia a mais de 40 milhões de pessoas, o que representa 3,7% de toda energia hidrelétrica gerada no Brasil, consolidando-se com a 3ª maior do país e 17ª no mundo.

Defensor da instalação do empreendimento no período em que ainda era governador do Estado entre 1995/1998 e quando foram iniciados os estudos preliminares, o senador Valdir Raupp falou sobre a importância da obra para o país.

“Jirau simboliza a capacidade de o país desenvolver grandes obras, abrindo o caminho para a produção de energia limpa com um preço competitivo. Essa é nossa missão atrair cada vez mais empreendimentos que possam fazer de Rondônia um símbolo de desenvolvimento para o Brasil”, disse Raupp.

A Usina de Jirau é controlada pela Energia Sustentável do Brasil S. A (ESBR), uma joint ventura formada por Engie, Eletrosul, Chesf e Mitsui.

Vitor Paranhos, diretor presidente da Energia Sustentável do Brasil falou sobre o desafio da implantação do projeto. “O Brasil tem vocação para empreendimentos desta magnitude, Jirau trouxe diversas inovações na área ambiental e na construção civil que terá impacto positivo na tarifa do consumidor”, declarou.

“Apesar de todas as dificuldades momentâneas que Brasil está vivendo, temos nos fortalecido, pois empreendimentos como esse provam nossa capacidade de superação além de conectar Rondônia cada vez mais como o restante do país, gerando empregos e crescimento”, disse o ministro Fernando Bezerra.